quarta-feira, 19 de abril de 2017

Blue Whale: Desafio Mortal

''A vida das pessoas parecem perfeitas nas redes sociais a ponto de dar inveja, até que você descobre o que acontece por trás das cortinas...apesar de tudo estar te sufocando, você não vai morrer, você não vai se agredir, no futuro vai olhar para trás e perceber que fez a escolha certa ao recusar.''

''Os alvos dos monstros da Baleia Azul são pessoas que aparentemente já planejam cometer suicídio. Fiquem atentos aos seus filhos.''



Parece que foi necessário alguém em algum lugar na Rússia ter a ideia bizarra de criar uma espécie de jogo -podemos chamar isso de jogo, ta mais para ritual suicida - que se espalhou pelo mundo para chamar a atenção das pessoas para um assunto muitas vezes tratado como frescura, principalmente por pais e parentes ausentes ou que querem tudo perfeitinho.
Depressão e suicídio na adolescência.

Vítimas do Blue Whale precisam de ajuda sim. Mas essa ajuda deve partir dos pais e das pessoas mais próximas. Os participantes são pessoas muito fechadas, que se sentem sozinhas ou marcadas por algum trauma, isso porque muitas vezes seus problemas internos são julgados apenas como método para chamar atenção, frescura, mimi e entre outras coisas. Ninguém dá importância ao comportamento ou forçam a ser como a sociedade dita. Em outras palavras, um boneco ou boneca impecável.

Antes desse jogo, longe dos olhos da sociedade, adolescentes já se cortavam, já arquitetavam meios de cometer ou induzir suicídio. O caminho obscuro que encontraram para botar para fora seus sentimentos taciturnos que ninguém conhece, visto que ninguém os entendiam. Desde desilusões amorosas a conflitos em casa, bullying na escola.



Essas pessoas obviamente não tinham ninguém que cortassem as cordas que as prendiam e as encorajassem a falar e entendessem de verdade seu ponto de vista. Sem julgar. Alguém capaz de aliviar a dor e aos poucos impedir que aceitassem participar de Blue Whale ou cometer qualquer tipo de atrocidade consigo mesma para fugir da realidade podre que a sociedade maquia com rostos bonitos e sorrisos forçados. Mas a realidade são pessoas cruéis por trás da tela de um computador se divertindo às custas de sofrimento alheio.

Prestem atenção nos sinais. Conversem com seus filhos olho no olho e fiquem mais alerta principalmente se eles estão cada vez mais fechados. E não basta apenas dizer que é perigoso. Porque muitas pessoas, mesmo sabendo as consequências, estão se metendo nisso por alguma razão. -Suicídio, claro!- E essa razão que deve ser discutida. O motivo para a depressão, para se refugiar em algo tão hediondo e não venha falar que é frescura. Falar que é frescura é a típica desculpa para não ajudar. Não espere alguém morrer para dizer que a ama. Faça o que puder por ela e caso seja incapaz disso, peça ajuda a alguém que pode, mas não deixe essa pessoa morrer! Seja a diferença na vida dessa pessoa e não a indiferença. Ajude essa pessoa a encontrar a si mesma, a ser ela mesma, a sorrir, a se sentir bem.



Existem outras maneiras de expressar os sentimentos negativos, raiva e frustração sem causar dano a si mesmo. Isso não resolve o problema mas alivia um pouco a agitação interna e torna a pessoa mais resistente. Se não tem objetivos construa-os! Mas mantenha distância desse jogo cruel e estimule  amigos e conhecidos a fazerem o mesmo.

Ninguém merece perder seu filho, amigo ou namorado de uma maneira tão absurda e revoltante. Que os culpados por criarem e espalhar o Blue Whale sejam devidamente punidos pela justiça.

8 comentários:

  1. Muito bom o texto. Tenho fobia social, hoje estou medicada, mas sei como esse assunto de suicídio é sério. Sorte que fui forte e me virei sozinha para sair da depressão. Se dependesse da família já era :/

    Beijinhos <3 Blog Tanamoda / Grupo MBB / Natura Online

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei como se sente. :/ Família muitas vezes não entende nada mesmo, não conhece o que sentimos. Você é muito forte por conseguir sair dessa sozinha, a maioria não consegue. Parabéns, moça, você é muito forte e pode fazer tudo o que quiser!

      Excluir
  2. Nossaaa vc é muito forte mesmo, parabéns, e suicídio e perigoso mesmo, estava preocupada com uma amiga minha um tempo atrás dela entrar em depressão e coisas assim etc, mas ela ta bem agora ;) enfim siga o blog!
    www.gabyroden.blogspot.com.br
    já segui o seu! obg <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que sua amiga continue bem. :3 Vou visitar seu blog. Obrigada! <3

      Excluir
  3. Gostei da sua iniciativa de falar sobre esse assunto, acho que precisamos conversar sobre isso e ficar atento as pessoas proximas da gnt pra saber se estão precisando de ajuda, de conselhos ou ate msm de um abraço, eu ja passei por uma situação parecida com essa e teve momentos em que quis muito tirar minha vida, mais felizmente tive pessoas maravilhosas do meu lado que me ajudaram e cuidaram de mim nesse momento dificil.
    Bjs
    :)

    https://psicologandomemorias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Suicídio e depressão são assuntos sérios e temos que ficar atentos para poder ajudar quem está nessa situação antes que seja tarde demais. Eu também já quis tirar minha vida ;-; mas um ser especial me ensinou a ser forte como uma rocha e nunca desistir. E ser forte o suficiente para ajudar a todos que precisam.
      Cuide bem dessas pessoas que te salvaram e sempre que precisar busque ajuda com diálogo, seja sempre você. Você também é forte. Somos fortes, somos heroínas!

      Excluir
  4. Muito importante um post assim. Independente de baleia azul, nós devemos ficar atentos aos nossos próximos, pois muitas vezes somos mesmos nós que precisamos perceber e entender o que está acontecendo, pois as pessoas são fechadas. Todo o cuidado é pouco e suicídio não é besteira, é algo extremamente sério! Vamos amar mais aos próximos e ajudar quem precisa

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?

    Esse assunto é realmente muito importante e infelizmente a cada dia afeta um número maior de pessoas. A sociedade ainda teima em ver a depressão e o suicídio como ima besteira, ou uma forma de chamar a atenção, mas o problema é muito maior que isto, ele é grave ao extremo. Hoje em dia, a maioria das crianças/adolescentes não recebem carinho dos seus próprios familiares, então o problema da depressão pode vir da própria casa do indivíduo. Os pais devem ficar mais atento às ações dos seus filhos. E quem sente algum sinal da depressão deve ir atrás de ajuda, essa ajuda pode ser um amigo ou profissional, o importante é não se deixar abater. Parabéns pelo post, os pontos foram muito bem abordados!

    Beijos!

    ResponderExcluir

Olá, bem-vindos (as).

Por favor, siga as seguintes regras ao participar do blog:

1- Nada de palavrões, palavras de baixo calão, mensagens de ódio, ofensivas. Serão imediatamente excluídas.
2-Respeite a opinião da outra pessoa mas não deixe de expressar a sua.
3- Nada de ''Gostei do post'' , ''lindo post'' ou ''vou conferir'' ou qualquer comentário vazio porque já vou saber que não leu nada. E eu vou ignorar.
4- Pode deixar o link do seu site abaixo do seu comentário, prometo visitar assim que possível.
5- Qualquer sugestão ou crítica construtiva serão aceitas.
6- Divirtam-se, riam, debatam, qualquer problema avise.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...