quarta-feira, 12 de abril de 2017

O.P- Blog de fofurice (ou não) ~ Clichês em romances




Finalmente me sinto determinada a continuar escrevendo aqui. Tenho muita preguiça às vezes e tenho que fazer tudo sozinha.
Como no início para editar o modelo do blog, e eu não tinha a menor noção de códigos HTML, o que recebi das pessoas foi um ''vire-se sozinha'' que eu farei questão de devolver no futuro de maneira educada e gentil porque pretendo criar tutoriais para blogueiras iniciantes.

O próximo desafio foi criar conteúdo. Ninguém merece ficar lendo besteira ou mentiras então optei por coisas engraçadas e divertidas além de conteúdos relevantes, informativos que chamassem atenção de maneira positiva.

Infelizmente as histórias de hoje estão afundadas na mesmice. Levando o leitor a ficar afundado no tédio.



 Antes que os fãs de sagas famosas me condenem, essa é apenas minha opinião e, não falo apenas dessas sagas como Fallen e Crepúsculo mas de fics, interpretações em RPGs-Onde você precisa criar uma boa trama como se fosse o personagem e interagir com os outros - e entre outras.

E quanto as histórias de romance, alguns autores, ou melhor autoras, proliferaram um estilo muito tosco - se é que possa ser chamado de estilo literário, ta mais para clichê mesmo -, achando que a mesma ladainha vai enganar os leitores exigentes se trocarem o cenário, personagens e uma coisa aqui e ali...mas no fim nos levando a mesma merda. Isso porque as características dos personagens, cenários, trama são praticamente as mesmas embora ocorram algumas mudanças como as citadas anteriormente. Ler tais textos e não sentir alguma semelhança seria o mesmo que encontrar o irmão/irmã gêmeo/a e não reconhecê-lo/a.

Aqui estão as características de muitas historinhas de romance:



1- Protagonista: A protagonista é uma menininha do colegial insegura, tímida e sem o mínimo de auto-estima. (Sério, ela não se acha nem ao menos inteligente!) Mas o foco dela mesmo é no físico. Se acha uma baranga e se compara o tempo todo com a personagem loira bonitona. Essa protagonista praticamente não serve para nada a não ser para ser shippada com alguém.
Ela é fraca mesmo, tem que ser protegida o tempo todo pelo macho dela e se ganha algum poder, não faz o menor sentido.
Todos os caras do colégio querem ficar com ela. Desde o nerd ao popular fodão.
E sempre usa rabo de cavalo ou coque frouxo não sei por qual razão botam a mesma porcaria.



2-Introvertido x extrovertido: A garota antissocial ou desajustada se apaixona pelo cara mais bonito e popular da escola que TODAS as meninas querem e por alguma razão ele quer a protagonista.




3-Personagens masculinos: O par romântico da garota é um rapaz sério, meio emo, impossivelmente lindo e perfeitinho. Geralmente ele tem um rival para disputar com ele quem é mais afeminado. E com tanta mulher no livro todo eles querem brigar pela bostinha inútil.



4-Amor à primeira vista: O casal do livro se apaixona apenas numa troca de olhares e pronto. E o amor dela é tão verdadeiro, tão profundo, que acaba se apaixonando por outro da mesma forma e ficando indecisa sobre quem mais gosta. Eu acho que sua auto-estima não é tão baixa assim não, querida...


5-Sobrenatural: O rapaz misterioso e popular que a jovem conhece é um vampiro, lobisomem, anjo caído ou alguma coisa lá que a autora inventa. Pior: uma versão mais afeminada e sem camisa dessas raças.



6-Amor proibido: O amor deles é proibido por alguma razão e por isso os vilões ( que parecem que não tem mais nada pra fazer) só querem eliminar a guria e seu harém de seres sobrenaturais e nem ara isso prestam.



7-Protegida: Protagonista protegida pelos seus machos. E esses caras se matam para protegê-la mesmo sabendo que ela anda chifrando os dois.



8-Secundários: Não ganham muito destaque. Se algum chama atenção do leitor e a pessoa só vai ler aquela baboseira por causa daquele personagem...ele morre ou é esquecido porque o que interessa na miséria é o casalzinho sem graça. Melhor ser secundário no Game Of Thrones e ter uma morte digna.





9-Cenário: O cenário é sombrio e mórbido em geral, muitas vezes parte da trama se passa num colégio ou instituição. E SEMPRE tem uma floresta bem sombria onde muitas vezes é o primeiro encontro do casal.


10- Separa e junta: Quando o casal do livro finalmente fica junto, algo acontece para separá-los. Após vários capítulos com tantas idas e vindas eles retornam, às vezes na pressa de uma maneira nada convincente. Como se a autora pensasse assim de repente: ''Vixi maria, ta perto do livro acabar e já era para eles estarem juntos!''


Tática

Por que esses clichês fazem tanto sucesso? A resposta é bem simples.
Histórias assim foram feitas para agradar um certo tipo de leitoras. Meninas inseguras que ainda acreditam que existe o cara perfeito. Elas se espelham na protagonista e acreditam que vão encontrar seu verdadeiro amor dessa maneira estranha e forçada. Enquanto essas pessoas se iludem, as editoras e escritoras enchem os bolsos.A tática não é falar a verdade mas falar o que essas iludidas querem ouvir.
Ninguém é perfeito. Não existe droga de amor à primeira vista. Amor vem com muito tempo e convivência.
Todos nós temos defeitos. -Até seu príncipe encantado- Se alguém te aceitar do jeito que você é e você amar essa pessoa do mesmo jeito, se esse amor veio naturalmente e não com essa ''troca de olhares'' e você ama somente aquela pessoa e vice-versa é porque vocês se amam de verdade.

Seu amor não é perfeitinho, você não é perfeitinha, mas vocês podem ser perfeitos juntos!



3 comentários:

  1. Adoro sempre um bom clichê haha, não tenho como negar !! Flor para ajuda com o HTML te indico o blog da Renata Massa lá tem uns tutoriais bem bacanas e fáceis para blog :) Beijos

    Os Papos Femininos

    ResponderExcluir
  2. Obrigada! Vou dar uma olhadinha lá. ^u^ Algumas histórias são praticamente cópias uma da outra e isso cansa um pouco. ;-;

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem?

    Eu gostei muito do seu texto, mas tem algumas coisas que discordo. Uma grande parte das histórias são realmente clichês, e em algumas é isso que é o bacana. Vamos combinar que a maioria das meninas são sim inseguras quanto a sua vida, então porque os autores não as retratariam assim?! É claro que muitas coisas são bem exageradas e sem nexo, mas é isso que chama o leitor, a certa proximidade com a protagonista e o mundo sombrio por trás. Concordo, que não devemos ser perfeitos e nem buscar alguém perfeito, pois a perfeição se constrói aos poucos.

    Beijos!

    ResponderExcluir

Olá, bem-vindos (as).

Por favor, siga as seguintes regras ao participar do blog:

1- Nada de palavrões, palavras de baixo calão, mensagens de ódio, ofensivas. Serão imediatamente excluídas.
2-Respeite a opinião da outra pessoa mas não deixe de expressar a sua.
3- Nada de ''Gostei do post'' , ''lindo post'' ou ''vou conferir'' ou qualquer comentário vazio porque já vou saber que não leu nada. E eu vou ignorar.
4- Pode deixar o link do seu site abaixo do seu comentário, prometo visitar assim que possível.
5- Qualquer sugestão ou crítica construtiva serão aceitas.
6- Divirtam-se, riam, debatam, qualquer problema avise.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...