sábado, 27 de maio de 2017

Segmentada: Capítulo 03 - Primeiro Beijo

Ciaossu, Hitmans! :3 

Não esperava que fossem gostar tanto dessa história louca. Os leitores estão empolgados. Já tão shippando ElAkio. Adoraram o Jack.
Acharam Luna mó piradona. :v Carlos, more, aqui o capítulo 03. Só acho que Akio podia ter sido mais romântico. Rsrs.

 Estreando hoje a querida Tia Coca, criação do meu amigão Derick, seu DIVO. Mais uma vez agradeço de coração ao Derick, Mariana, Kaique e meu amor Carlos pela força. :3  Agradeço também aos leitores e as opiniões de todos, sinto que assim posso melhorar cada vez mais e seguir em frente.

Para quem não viu os outros capítulos clique aqui e aqui

Sinopse:

Akio é membro de uma ''família'' de mafiosos sob o comando de Zlata Belphegor, que representa o céu, firmamento, harmonia. Ele representa a chuva, 
tranquilidade. Enquanto isso, sua colega Luna Di Angelo Malfoy é
a tempestade, degeneração. Acusado da morte da chefe, Akio parte para provar sua inocência. Em meio a isso encontra uma amiga de Zlata, a miserável Elena, que decide ajudá-lo.


Dessa vez ele empregou força física que tinha para empurrar a mana negativa do oponente com a sua, segurando fortemente o cabo da Acient Demon King Sword e firmando os pés no solo da área de combate. O dano foram os cortes nos braços que rasgaram o tecido de sua camisa e sua pele como se fossem um, fazendo o sangue jorrar por eles e ele cambalear.

Elena esperava por isso. Como estava por trás dele, o segurou e ficou na pontinha dos pés para que seus lábios alcançassem o ouvido do rapaz.

-Já fui protegida demais – disse no ouvido de Akio, a voz era tão melancólica que desconcentrou Akio por um momento. –Não se preocupe, serei seu suporte.

Akio não entendeu o que ela quis dizer, até Elena abraçá-lo, paralisando-o. As mãos pequenas da garota concentraram uma luz dourada e encostaram nos ferimentos. Demônios odeiam luz e fogem dela por conta de sua natureza. Mas ele não fugiu daquela luz, parecia querer alimentar-se mais dela.

‘’Talvez essa peste não seja tão inútil.’’ Pensou enquanto empurrava e as chamas geradas pela mana e chama da chuva cresciam e ganhavam mais força. Ao fechar os machucados, Elena afastou-se, o rosto pálido ia ficando visivelmente rubro devido o rápido contato.  Percebeu, pela aproximação, que a pele dele estava levemente eriçada. Akio tentou não pensar nisso, era a primeira vez que uma garota o abraçava.

-É disso que eu estou falando! – Gritou Asmodeus, olhando tudo e levando como sempre, no sentido ruim.

‘’Sorte que a Elena não pode ouvi-los.’’ Pensou Akio, descarregando o restante de mana que chocou-se e empurrou os dois novamente com o impacto. Akio abraçou Elena para protegê-la e Baskerville, o cão infernal do Akio, apareceu logo atrás para segurá-los outra vez. Toda aquela barulheira o acordou.

Elena estava começando a simpatizar com o animal. – Mentira, ela só estava grata por ter a pele salva mais uma vez.

-V-você está bem? – Akio gaguejou, colocando a garota atrás do cachorro novamente. Não estava com medo, apenas recordou-se do abraço e sentiu o coração vacilar. –Não sabia que era maga.

-Sei um pouco de magia branca- a rosada disse, ajeitando o cabelo longo.
-Sem esses trapos, com boas roupas e o cabelo penteado, ela vai ficar um arraso, Akio! –Provocou Asmodeus, rindo.

‘’Cala a boca, Asmodeus.’’ Pensou Akio.

À frente deles, uma sombra se aproximava. Um ser encapuzado, parecia estar fazendo cosplay de morte, carregava uma foice. O braço era enrugado e magro para a surpresa de Akio – ele esperava um vinking ou um guerreiro com uma baita resistência física. O ser baixou o capuz lentamente e Akio apertou o cabo da Katana , reativando as chamas, porém mais fracas.

-Use as minhas.- Elena voltou a concentrar mana nas palmas das mãos e segurou a mão de Akio, entrelaçando os dedos e fazendo a energia fluir e alimentar as chamas dele.

Akio ficou boquiaberto, mas não esboçou reação. Apenas assentiu, olhando a garota de um jeito bobo. Ela era um peso e tanto mas tinha conhecimento em magia e poderes de cura, algo que faltava nele, sempre se machucando, nunca teve a sensação boa de ser curado em instantes.

O ser encapuzado era uma mulher. Na verdade, para ser mais preciso, parecia um cadáver desenterrado a julgar pelo status de degeneração que o corpo dela se encontrava. Estava além do envelhecimento.

A face era desfigurada por fileiras de inúmeras pregas e rugas, algumas cobertas por verrugas, o buço era cabeludo como o de um homem e a pele do queixo deformado às têmporas na lateral esquerda estava queimada pelo sol e arrancada fora.  Os cabelos eram semelhantes aos daquelas Barbies de camelô que Elena costumava comprar quando criança, só que numa versão macabra.

A criatura virou a cabeça para trás – e deu para ver perfeitamente o formato da cabeça através dos restos de cabelo-, colocando as mãos magras e angulosas na barriga. Soltou uma risada aguda e alta, tão alta que as veias do pescoço dilataram-se e qualquer ser vivente da floresta fugiu.

-Elena...não esperava que voltaria a procurar minha ajuda – disse o ser, sorrindo, um sorriso sem dentes.

Akio  encarou as duas perplexo e pensou em avançar mas Elena o segurou pelo braço.

-Tudo bem. Ela quem irá nos ajudar a trazer minha amiga de volta.

-Tá de brincadeira?!-Akio rosnou, os olhos ficando vermelhos aos poucos, isso sempre acontecia quando a fúria vinha à tona.

-Me digam o que querem e sumam daqui...- dizia a criatura que fazia o estômago de Akio se revirar só de olhar.

Não que julgasse as pessoas pela aparência. Elena não tinha a melhor aparência do mundo também. Era sujinha e de cabelo armado, mas não passava uma sensação ruim como aquela mulher. Sim, as expressões dela e a forma irônica como se comportava o levou a deduzir que era uma mulher.

-Encontrou um namorado?-riu a criatura, debochando da Elena.

-Ele não é meu...Margot...por favor, preciso de sua ajuda.

Sim, era a bruxa. Exatamente igual a como Zlata descreveu.

-O que você quer? –Olhou para a menina com um desprezo, enquanto uma esfera negra de mana se formava entre os dedos esqueléticos.

-Pode trazer uma pessoa de volta, não pode? – a voz de Elena tremia muito, se Akio não fosse um demônio e ela não fosse tão fraca, Akio reclamaria do aperto.- Uma pessoa que morreu?

Margot riu da inocência de Elena. Claro que era possível ressuscitar pessoas. Mas exigia muito gasto de mana. E para tanto poder era necessário um sacrifício de valor igual.

-Sabe que o preço de uma vida é outra em troca, não é? Até porque você não tem mais nada a perder.

-Sim, eu sei – Elena então recordou-se da época na qual estudava magia, quando aprendeu a fazer magias de cura. Foi advertida a não mexer com magia negra pois as consequências sempre são sérias. 

Mas também lembrou de tudo o que Zlata fez. Elena sempre vendia flores na aldeia e era roubada ou espancada pelos aldeãos. Até que um dia uma ruiva emanando a raríssima chama do céu mostrou sua fúria quebrando os ossos de cada um com o punho. Zlata Belphegor. Desde então, aquela mulher passou a comprar suas flores e com o dinheiro não passou mais fome. Logo depois, Akio e os outros guardiões encomendavam flores, buquês e arranjos a Elena.

Jack comprava flores para sua esposa Mirai. Zlata para enfeitar a base. Luna para si mesma.-Luna tinha uma autoestima invejável- E...Shinto para Luna e essas flores acabavam sendo degeneradas. Akio comprava flores mas nunca as levava.

-Elas combinam com você...use-as no cabelo, uma tática de marketing. 

-Você não tem alguém para presentear? - e assim Elena tacou-lhe sal na ferida.

-Isso não é da sua conta e cala a boca, não namoro porque eu não quero!

''Não namora porque ninguém te quer!'' Pensou ela com um sorrisinho nos lábios. ''Se bem que...''

Então sob a cabeça rosada, Elena sempre usou aquela coroa de flores. 
Por essa razão, por alguém pela primeira vez não tê-la tratado como lixo, que Elena iria submeter-se ao sacrifício.

-NÃO!

A voz de Akio interrompeu suas lembranças.

-Ela não vai...Zlata está morta, o que está feito está feito...mas você está viva e não vou deixar que você morra...essa bruxa está te enganando....

-Mas...

Akio agarrou o braço de Elena.

-Um dia ouvi sem querer uma conversa sua com a Zlata no escritório....você estava chorando...e falando de um tal de Daniel...que ele estava doente. Então você contou que recorreu a uma bruxa para curá-lo e ela conseguiu isso mas...

-Mas eu fiquei com ele, isso é verdade! - Margot completou, surpresa por ele saber do passado de Elena. 

Elena abaixou a cabeça. Ela dava múltiplas piruetas, os olhos voltavam a transbordar quando Akio mencionou Daniel, seu primeiro amor e culpava-se todos os dias pelo destino cruel que ameaçava destruí-la. Akio não percebeu o quanto ela sofria ao ouvir aquilo e a segurou pelo queixo, erguendo a face dela.

-Meus pais morreram, meu irmão tomou um rumo diferente, agora se foi minha chefe...eu não vou perder os poucos amigos que restaram! 

Elena tentou soltar-se, mas embora fosse leal a sua chefe, não podia deixar que Elena se matasse. 

-Não me restou mais nada...só minha vida.... 

-Quando estiver morta irei usar seus cabelos rosados como peruca, e vestir sua pele de marfim! - Riu Margot lançando a esfera de mana escura que dividiu-se em vários feixes.

Akio segurou firme a espada ancestral e começou a retalhar os feixes e usar as chamas da chuva para apagar as chamas de mana de Margot. 

-Sobe! - Falou para Elena, enquanto disparava feixes de mana na bruxa diretamente. Elena saltou, então Akio continuou investindo em disparos contra a bruxa, correndo para a saída da floresta. A voz de Margot ecoava, gritando o nome de Elena. Estava louca para tirar a vida da jovem mas aquele demônio apareceu.

-Akio, mas e a Zlata...

-Ela morreu. Aceite e concentre-se em sobreviver. 

-Mas eu...-Elena continuava chorosa para a irritação de Akio. 

Baskerville esperava-os na saída da área proibida da floresta. Akio jogou Elena e montou logo atrás, agarrando o pelo do animal que disparou para a aldeia. Para piorar o cabelo de Elena agora esvoaçava como algodão doce flutuante direto na boca de Akio. 

-Cuidado com esse cabelo, desgraçada. - Akio retirou o cabelo do caminho.

-Ela tem uma pele bonita...- disse Asmodeus na mente de Akio - não gostaria de provar?

''Asmodeus, não é hora para me sugerir perversão.'' Akio não sabia o que fazer. Luna devia estar atrás dele. Elena não parava de chorar. Finalmente percebeu que feriu os sentimentos dela ao falar sobre Daniel e sobre as falhas dela. 

-Ei...Elena...

Estavam na entrada da aldeia. Era noite, porém tudo estava iluminadíssimo e cheio de música. Isso porque a aguardada chegada do circo e da grande estrela, a cantora Sophie Beckett mais conhecida como Tia Coca tomou toda a atenção dos aldeões. 

Akio lembrou que era a cantora preferida de Luna, Luna escutava as músicas da Tia Coca enquanto cortava cabeças e lia seu exemplar de Harry Potter. Luna tinha vários pôsteres dela e sonhava em conhecê-la. 

-Aquela megera dos infernos com certeza vai vir... - Akio suspirou, aproveitando a música alta e a multidão que se formava em volta do carro de som colorido e imenso que anunciava o circo e bem no centro dele, uma mulher de cabelo bicolor com roupas extravagantes e tatuagens coloridas. Calçava um par de meias e seus dentes incisivos eram levemente separados.

O clima circense contagiou a noite na Vila das Cigarras. Coca bailava, atraindo olhares masculinos. Mas as curvas e a voz de Coca também chamaram atenção de Luna, que por acaso tinha a mente de um homem.

Luna saiu da base em companhia de seu primo Scorpius. Acordou bem tarde, brigou com Alícia por tê-la dopado outra vez. Como vingança, colocou um vestido decotado e curto e enfeitou-se. Logo seu primo apareceu para buscá-la como combinado.

Scorpius era um rapaz um pouco mais jovem que Luna. Seu cabelo era prateado e o olhar hostil. Era bastante apegado a Luna, tanto que pareciam um par de namorados. Luna adorava sair com Scorpius pois Alícia sentia ciumes dele. 

-Ela não vai nos encontrar? Sabe, ela é uma stalker - Scorpius falou quase num rosnado, pensando sobre Alícia estragar a diversão.

-Não se preocupe-Luna apertou de leve a bochecha do loiro e sorriu- vamos nos divertir sem interrupções.

Luna e Scorpius acompanhavam o carro. A garota apanhou um dos folhetos lançado, sem deixar de tirar os olhos da cantora. 

-É a sua cantora predileta, certo?

-Sim, sim...mas tenho que apanhar o Akio... -Luna não esqueceu o guardião da chuva. -Por isso que eu odeio garotos!

-Esquece isso por hoje, vamos nos divertir. 

Pegou a mão de Scorpius e o puxou. Sob a música, o dono do circo, um típico sujeito gordo de terno xadrez colorido com bengala na mão e cara de político corrupto sorria para todos e acenava. 

Jack acordou com a música, dava para ouvir da colina da base. Luna o deixou vigiando Alicia mas não deu muita bola para a loira , tinha que procurar Akio e o novo chefe da máfia. Por isso assim que acordou ligou para a esposa, Mirai. 

-Eu que não vou ficar aguentando a chata daquela Luna. Preciso descobrir quem é o próximo chefe da máfia, ou seja, aquele que possui as chamas do céu. - Disse para si mesmo. -Só assim o novo chefe vai mandar a Luna fechar a matraca. 

Jack foi ao banheiro e lavou o rosto e a barba desleixadamente. Trocou de roupa e pegou as tonfas, saindo do quarto as pressas, a esposa o esperava na sala, tomando o chá que Alícia serviu.

-Finalmente acordou, belo adormecido! - Mirai riu, pousando a xícara  na mesa de mogno e levantando-se para abraçá-lo.

Alícia estava emburrada num canto do sofá e mal olhou para Jack que nem percebeu. 

-Se encontrar Luna, diga que jamais vou perdoá-la!- Foi o que Alícia disse, os olhos claros muito arregalados e a expressão caótica. 

-Ta, ta, eu falo. Vamos, Mirai. 

Jack cumprimentou a esposa com um beijo e um abraço, ignorando totalmente a presença de Alícia. Mirai era uma mulher de traços nipônicos, vestes tão desleixadas quanto as do esposo e cabelo bagunçado, escuro e de um olhar desafiador. Em outras palavras, Mirai era um Jack de saias. 

-Vamos logo antes que Luna faça uma besteira. -Jack conduziu Mirai à saída da base. Nem ouviram o choro de Alícia. Se ouviram, fizeram-se de surdos.

                                                              x-x-x

Baskerville tomou a forma de um cachorro normal para não chamar atenção. Mas continuava assustador. 

Elena e Akio estavam exaustos da perseguição. Aquela festança pública e a dificuldade de se locomover com tantas pessoas querendo ver a Tia Coca, os palhaços e aquela alegria forçada só serviu para desgastá-los.

-Vem, vamos comer - Akio descontraiu a face e apontou para uma barraquinha de cachorro-quente.

Elena olhou-o assustada.

-Eu não tenho dinheiro! - Nunca tinha. 

-Eu pago...

-Então me pague as flores que deve...-rebateu a pequena.

Mammon dentro de Akio deixou escapar uma lágrima. 

-Que garota! -Vibrou o demônio da ganância, cuja aparência era de um loiro de armadura de ouro e olhos âmbar..

-Assim que a Luna me pagar... 

Falando no diabo.

Akio então viu duas silhuetas vindo na mesma direção que ele e Elena. Reconheceu Luna por causa do cabelo roxo e da voz detestável. Não tinha como se esconder, nenhum beco ou sombra, ou algum disfarce. Luna não era boba, o reconheceria a menos que...

-Quero comer um cachorro quente com cerveja...já falei que odeio garotos?

-Já, muitas vezes.

Akio viu aquilo em muitos filmes, o protagonista sempre fazia para escapar de alguém, não custava nada tentar. Um ''casal'' apenas curtindo a música empolgante da Coca, era isso que ela ia pensar. 

Elena ia puxando Akio para a barraquinha mas ele segurou firme a mão da rosada, trazendo-a para si. Elena ficou surpresa e como um bichinho indefeso apenas olhou através daqueles olhos gélidos e hipnóticos.

 Akio não soube o que fazer ali -mas entre apanhar de Elena ou Luna ele preferia Elena -, então apenas deslizou a mão na cintura da menina,curvando o corpo dela contra o seu.  Assim que Luna e Scorpius passaram por eles, Akio esmagou desajeitadamente os lábios de Elena num beijo que pretendia durar até Luna ir para longe. Ou até a necessidade de respirar pedir.


104 comentários:

  1. Oiii tudobem?
    Eu já havia lido o primeiro e segundo capítulo, fiquei feliz de ver essa evolução que o personagem está tendo e estou achando uma fofura, adoro postagens assim, muito sucesso.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii. Tudo e você?
      Obrigada por acompanhar, logo sairá o capítulo quatro :3

      Excluir
  2. Manoooo, que final de capítulo foi esse??? Arrasou! Muito cinematográfico, da pra imaginar perfeitamente as cenas, parabéns!!! Bjoooo
    www.blogpapelpapel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O final foi o Akio tentando escapar da Luna imitando o que viu na tv. Mas isso vai dar errado com certeza. kkkkkkk

      Excluir
  3. Olá!
    Li o segundo capítulo e amei esse final do terceiro capítulo, Akio e Elena já me ganharam.
    Bom ver os personagens evoluindo e você conseguindo manter o ponto alto da narrativa.
    Parabéns pelo trabalho!
    Sucesso!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Que bom que gostou da história e curtiu o demônio antipático e a menina ingênua e infantil. Eles aos poucos irão evoluir na trama e terão seus passados revelados assim como os demais. Obrigada por tudo!

      Excluir
  4. Oi, flor. Já venho acompanhando os capítulos e to amando reforço a campanha q vc devia lança-los... Bjos , até o proximo capítulo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada. Estou meio perdida quanto a divulgar, como faço isso? ;-;

      Excluir
  5. Esse capítulo está demais de bom, a história tem um jeitinho bem mansinho que agrada o leitor que ler. Estou amando os personagens da história, você a cada capítulo vem dando vida os personagens, parabéns, bjs.

    ResponderExcluir
  6. Nossa, li o terceiro capítulo, e mesmo sem entender direito, gostei muito!
    Vou correr pra ler os outros dois.
    Parabéns pela criatividade. ;)

    Beijos.

    www.adoroumlivro.com.br

    ResponderExcluir
  7. Não li os outros capítulos,mas esse me deixou louca. Eu imaginei todas as cenas. Estas de parabéns, quero ler todos.

    ResponderExcluir
  8. Olá tudo bem?
    Uall que capitulo em, acabei de ler os outros para poder entender a história e achei muito legal, vc escreve muito bem, parabéns.
    Beijos
    blog encrespa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, vem mais por aí. =3 Logo logo capítulo 04.

      Excluir
  9. Estou amando muito essa história e não vejo a hora de sair os próximos capítulos. A maneira da escrita me prende e ainda me faz imaginar todo o cenário da história <3
    Amei muito ^^

    ResponderExcluir
  10. Oie ainda não tinha lido nada dessa história mas fiquei bem curiosa já... quanta imaginação... que delícia... li num minuto de tão gostosa que é sua escrita, parabéns!!!
    Beijoka!

    ResponderExcluir
  11. Olá! Eu não costumo ler esse tipo de história, não conheço muito bem o "universo", mas achei interessante. Posso dar uma dica? Porque você não posta também em outros sites - tipo Wattpad e/ou Nyah" -, que podem te trazer mais público ainda. Boa sorte na sua história.
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Eu posto no Wattpad e no Nyah na categoria Originais, porque todos os personagens foram criados por mim, meu namorado Carlos e meus amigos Mariana, Kaique e Derick.

      Excluir
  12. Olá! Não li os capítulos anteriores, por isso dá minha opinião nesse capitulo é meio complicado. Achei bem bacana colocar a sinopse no início, assim dá para o leitor que acabou de chegar se situar um pouco da situação. Sua escrita é muito boa. "Baskerville tomou a forma de um cachorro normal para não chamar atenção. Mas continuava assustador. " Uau, sua história tem personagens peculiares. A sua história tem bastante acontecimentos, isso é muito bom. Desejo sucesso com a história. Beijos'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!Eu coloquei uma sinopse com um resumo justamente porque algumas pessoas como você não leram os anteriores, assim facilita o entendimento.
      Baskerville é um cerberus de uma cabeça só com muita personalidade, cada personagem possui um traço peculiar, obrigada pela força!

      Excluir
  13. Pelo mesmo motivo da Day, eu também não li os capítulos anteriores. Me incomodou muito o estilo do blog, por não estar acostumado e ter uma vertente que me parece não tão prazerosa. A história requer atenção e polimento, e digo isso com o maior desejo de vê-la melhorar!
    <3!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá.
      Obrigada pela dica quanto a história. É a primeira que escrevo então careço de opiniões realistas. :) Tenho uma dica para ti também: conheça a história desde o início para poder tomar uma posição. Quanto ao blog, eu me sinto bem com esse estilo e só pretendo mudá-lo se eu me sentir bem com isso. Reforçando: Não julgue uma história por um fragmento dela. :)

      Excluir
  14. Olá! Estou chegando hoje aqui no seu blog, então também não li os capítulos anteriores, fica um pouquinho complicado opinar. Entretanto, eu achei bem interessante a sua escrita, embora não seja o estilo que costumo ler, mas sempre é bom ler coisas diferentes, a gente sempre aprende com a diversidade. Colocar a sinopse também foi muito legal, a gente não leu os capítulos anteriores não ficamos tão perdidos, já que temos por onde ter uma ideia.
    Sucesso!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo contigo moça no ponto que fica difícil opinar sem saber o que aconteceu antes, ou seja capítulo Um- A morte de Zlata e Capítulo dois-Sem saída. Me imagino no lugar da pessoa que foi direto ao capítulo três.
      ''Que lugar é esse?''
      ''Quem é Akio? Quem são essas pessoas?''
      ''O que elas estão fazendo? E por qual razão estão lutando?''
      Por isso antes de formular uma opinião concreta é bom conhecer a história desde o começo.

      Excluir
  15. Oi!
    Não li os capítulos anteriores mas adorei esse, principalmente o final e vou por isso vou correndo os ler pra ficar por dentro de toda a história. É um tipo de escrita e trama novos pra mim e já fiquei encantada.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, acho que a maioria das pessoas gostaram do final desse aqui. Obrigada pelo carinho, fofa, volte sempre! <3

      Excluir
  16. ola como está? li o capitulo 2 eo capitulo 3 , vou correndo ler o 1 porque não quero perder nada da historio , estou gostando muito e como você evolui a nrrativa como você faz entrarmos nas cenas. bjssss sucesso

    ResponderExcluir
  17. Olá! Tudo bo contigo?
    Nossa já li os dois primeiros capítulos, e preciso dizer que esta ficando cada vez melhor, o próximo acho que vou estourar um balde de pipoca, porque estou amando, quanta emoção estou encantada.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo e você?
      Fico feliz que tenha gostado. Assim fico mais animada para escrever.

      Excluir
  18. Dei uma lida nos capítulos anteriores e gostei bastante da sua escrita. Sucesso ma sua história! Apesar de ainda me sentir meio perdida, fiquei bem emocionada. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada. Se está perdida olha o post sobre o enredo atualizado e informações sobre os personagens, vai ajudar a entender melhor.

      Excluir
  19. Nossa amei sua historia, eu li esse capitulo querendo mais, continue assim escrevendo historias emocionantes, você escreve muito bem. Sucesso

    ResponderExcluir
  20. Já li os três capítulos e cada vez me vejo mais presa na história! Eu fico toda boba como melhora sempre, evolução constante! Simplesmente amei esse final, que coisa mais amorzinho *-* to adorando mto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, fofa! :3 O final não foi nem tão amorzinho porque Akio beijou a Elena para fugir da Luna, mas ele sabe que vai ter troco isso.

      Excluir
  21. Mais que história mais linda tô curiosa para os próximos capítulos amei

    ResponderExcluir
  22. Oii, tudo bem?
    Não li os outros capítulos, mas adorei esse. O casal é super fofo e gostei da escrita, que é super envolvente.
    Não é bem o meu tipo de leitura, mas já estou procurando os outros capítulos aqui pra ficar por dentro da história. Amei <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, eles não são um casal, mas por estarem sempre juntos são confundidos com um e a cada capítulo os sentimentos dele vão se desenvolvendo cada vez mais.

      Excluir
  23. Gosto bastante da maneira com que você conta sua história. A leitura fica bem envolvente, é fácil ser imaginar na história.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  24. Me prendeu no segundo capítulo vou ter que ler o segundo é acompanhar a história 😍 quero saber no que vai dar 😍😍😍

    ResponderExcluir
  25. Bom dia, como vai?
    Venho acompanhado toda a história e la vamos para o 3 capitulo, achei bem interessante a parte quando você cita sobre que diz " então m dê um buquê de flores" , achi bem fofo.

    ResponderExcluir
  26. Não conhecia a história, confesso que fiquei curiosa para ler os outros capítulos... Muito bem escrita por você!

    ResponderExcluir
  27. Li os capítulos anteriores e a história está se desenvolvendo muito bem. Parabéns pela criatividade. Te desejo muito sucesso com tua história! Que venham os próximos capítulos.

    ResponderExcluir
  28. Olá! A história me pareceu muito bacana. Darei uma lida nos primeiros capítulos. Boa sorte com o projeto! Beijos!
    www.brincandodeolivia.com

    ResponderExcluir
  29. Olá tudo bom nossa eu adooreiii sua historia adoro muito bem explica e cativa as pessoas a lerem mais e mais, vou dar uma lida tbm nos capítulos anteriores mas achei a sua historia demaiss

    ResponderExcluir
  30. Que fofo esses dois, estou gostando muito...Já salvei seu blog nos favoritos...bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por acompanhar, fico feliz que gostou!

      Excluir
  31. Olá, tudo bem?

    Que capítulo foi esse??? Estou totalmente sem ar com a quantidade de ações e tudo que ocorreu.
    Eu já tinha lido os capítulos anteriores e estava louca por essa continuação e posso dizer que a vontade foi totalmente suprida. como sempre, você consegue nos imergir na história, nos fazendo sentir os personagens. Adorei a cena do beijo entre Akio e Elena, apesar das circunstâncias. Parabéns!!!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,estou bem e você?
      Apesar das circunstâncias como você disse. kkk Akio é muito sacana. Obrigada pela visita,sempre bem vinda aqui.

      Excluir
  32. pesar de não ter lido os outros capítulos, gostei da sua escrita e do texto. Vou olhar os outros dois capítulos para entender melhor a história em si.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  33. Olá! Estou chegando agora na história, mas gostei do que li, rs. Parabéns pela escrita! Sempre podemos melhorar, mas acho que você está indo muito bem. Gostei de você ter colocado uma sinopse também pra situar melhor quem ainda não leu a história.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!Coloquei uma sinopse e um resumo sobre trama e personagens separadamente para quem leu só o meio da história não se perder e para apresentar a história também.

      Excluir
  34. Olá!
    Não li os capítulos anteriores e fiquei feliz em saber que está no inicio para que eu possa acompanhar! Adorei esse capítulo, bem envolvente a sua escrita! Parabéns!

    Beijos

    https://aventureirasliterarias.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  35. Olá!
    Que história mais interessante, estou acompanhando e amando. Parabéns pela inciativa de compartilhar conosco sua história!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  36. Oie!
    Não li os demais capítulos, mas certamente farei isso :)
    Adorei o blog e a história, parabéns!

    ResponderExcluir
  37. Eu também caí aqui de paraquedas e fui procurar ler os primeiros capítulos pra entender melhor. Vc simplesmente manda muito bem na narrativa e todos os personagens (parabéns aos criadores) são incríveis. Ia também sugerir o wattpad, mas já li que vc posta lá. Então a sugestão é que coloque o link pq fica mais fácil a gente compartilhar com quem curte. Eu gostei muito, acho que é um talento que não pode ser desperdiçado. Seria muito legal vc conseguir algumas ilustrações também, tenta com ilustradores que estão começando, daí vc os divulga, ia ser muito legal.

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela sugestão, farei isso mesmo. Sempre bem-vindo aqui no blog! Ilustrações seriam ótimas, mas não conheço alguém que desenhe :/ mas vou procurar alguns ilustradores iniciantes, aí cresceremos juntos, excelente ideia! *-*

      Excluir
  38. Menina, ainda não conhecia seu blog nem seu trabalho, por isso naveguei por suas postagens para conhecer a história completa. Adorei, acredito que tenha de investir mais na divulgação, talvez no facebook. Adorei a história e acredito que os personagens tendem a evoluir ainda mais na trama. Parabéns pela iniciativa de escrever, exige muita coragem, disposição e comprometimento. Um grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, muito obrigada. Sou meio preguiçosa na hora de divulgar mas vou tentar. kkkkk

      Excluir
  39. Você tem muito talento para escrever.Os mangás têm suas raízes. Adorei o texto sobre o mafioso. Akio sempre envolveu em confusão, uma história e tanto sua postagem, Toda história da Terminologia: mangás são ricas e amplamente aceitas em todo o mundo, continuem e assim que irá longe, adorei querida beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para criar essa história me inspirei em diversos mangás que leio e um em especial da Akira Amano chamado Katekyo Hitman Reborn.

      Excluir
  40. Olá
    Eu ainda não li os outros capítulos,mais gostei de mais desse,gostei demais do texto você realmente manda muito bem parabéns viu continue assim,com certeza vou ficar acompanhado,um beijo grande.

    ResponderExcluir
  41. Esse capitulo esta muito bom, eu não vi os capítulos anteriores, mas já quero ver. Espero que continue postando mais, bjs!

    http://fabiisanto.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  42. Olá!
    A evolução que o personagem está tendo é palpável. Adorei poder acompanhar mais esse capítulo, e estou ansiosa no aguardo do próximo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, já publiquei o capítulo 04 \\0//

      Excluir
  43. Olá, eu nunca tinha visto nem lido nada deste gênero, e achei muito interessante. Agora que li este capítulo, vou procurar ler os outros, até porque eu gostei muito e quero saber tudo desde o ínicio hahahaha. Beeeeijinhos ♥

    ResponderExcluir
  44. Olá, é a minha primeira visita e amei os detalhes do layout, eu acho que projeta bem o estilo do seu texto. Deixa eu ver se entendi bem, você escreveu esse capítulo? Queria ter tanta inspiração e criatividade assim. Seus personagens são cheios de personalidade!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, obrigada. Kelly, eu mesma escrevi o capítulo. Zlata, Elena, Margot, entre outros foram personagens criados por mim. Meu namorado me emprestou o Akio e meus amigos Kaique, Mariana e Derick me emprestaram Luna, Jack e Tia Coca. São personagens de RPG de mesa que jogávamos mas que ganharam tanto espaço que é impossível não escrever sobre eles.

      Excluir
  45. MEL ODIN DO CÉU, ELES SE BEIJARAM. AAAAAAAAAA. FINALMENTE. O BEIJO. Ai gente desculpa a empolgação mas tô esperando por isso tem um tempo já. Hahaha. Os diálogos da Luna quando ela não tá focada em ódio contra o Akio foi demais, adorei. E o Jack só amores por ele (não me julgue, gostei dele pacas), parece que é mais sensato ali mesmo com a morte da Zlata. Palmas pra ele minha gente. Sério, ainda tô com a imagem do beijo na cabeça, já posso ir dormir feliz. E vou ler o capítulo novo que vi que tu já disponibilizou. Hahaha. Beijão amore.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seu Odin atendeu suas preces, Akio beijou Elena para escapar da Luna. Luna é insana até quando não está com raiva. Jack sem dúvidas é o mais ajuizado entre os guardiões, que bom que vai dormir feliz com o beijo da Elena e do Akio. Sim, já postei o capítulo 04, fique a vontade e divirta-se, fofa. Obrigadíssima.

      Excluir
  46. Amei esse capitulo! É daqueles que nos prendem e nos fazem querer ler cada dia mais. A escrita nos prende demais! Os personagens são muito interessantes! Arrasou! Bjoo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada. Cada personagem tem um traço especial.

      Excluir
  47. Genteeee, eu amei! Ainda não li os outros capítulos mas estou indo fazer isso agora. Você arrasou, sem dúvidas vou continuar acompanhando. Parabéns <3

    ResponderExcluir
  48. Oi!
    Não conhecia a história :) Vou ler os outros capítulos para acompanhar certinho *-*

    Bjs!

    ResponderExcluir
  49. Amei a história e parabéns pela ótima escrita !!!

    ResponderExcluir
  50. Sigo apaixonada por sua escrita! Estou amando essa história! Parabéns pela criatividade!

    ResponderExcluir
  51. Caraca!!!! Parecia que eu estava vivenciando aquilo tudo! Achei a narração super realista...a história bem amarradinha, né? Cheia de mistérios interessantes. Gostei e ainda não conhecia.

    ResponderExcluir
  52. Morrendo com o nome dos personagens até hoje.
    Parabéns pela criatividade e dedicação que tem com essa história.

    ResponderExcluir
  53. Que massa eu acabei indo ler o outro para acompanha e adorei demais a historia e como ela desenvolveu rsrsr voce tem muito talento viu !? continue assim

    ResponderExcluir
  54. Olha eu de novo, nos encontramos de novo Akio! Estou adorando a história, parabéns.

    ResponderExcluir

Olá, bem-vindos (as).

Por favor, siga as seguintes regras ao participar do blog:

1- Nada de palavrões, palavras de baixo calão, mensagens de ódio, ofensivas. Serão imediatamente excluídas.
2-Respeite a opinião da outra pessoa mas não deixe de expressar a sua.
3- Nada de ''Gostei do post'' , ''lindo post'' ou ''vou conferir'' ou qualquer comentário vazio porque já vou saber que não leu nada. E eu vou ignorar.
4- Pode deixar o link do seu site abaixo do seu comentário, prometo visitar assim que possível.
5- Qualquer sugestão ou crítica construtiva serão aceitas.
6- Divirtam-se, riam, debatam, qualquer problema avise.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...